Clique aqui e responda o Questionário Ortóptico

Exames Complementares e Avaliações

Teste Ortóptico

Ao realizar uma avaliação ortóptica são efetuados testes para observar o comportamento dos seus olhos simultâneamente, analisando a existência de alguma alteração da motilidade ocular (movimento dos olhos) e, quando for o caso, realizar tratamento adequado.

Num exame ortóptico detalhado é possível identificar e medir eventuais desvios da fixação ocular. Estes desvios muitas vezes não são aparentes, e podem ser a causa de sintomas como falta de concentração na leitura, cansaço visual, sonolência, dor de cabeça, tonturas, redução da estéreopsia(visão em profundidade), entre outros.

Os transtornos Ortópticos podem interferir no desenvolvimento escolar, profissional e na postura, podendo acometer os indivíduos independente da idade.

Procure observar se o seu filho(a), aproxima muito as coisas dos olhos para ver, ou se se queixa de dores de cabeça, ou se o seu rendimento escolar é baixo e a criança muitas vezes parece até ter preguiça de estudar. Isso pode ser também causado por problemas visuais.

Exercícios Ortópticos


O principal objetivo do tratamento é a reabilitação das pertubações da visão binocular (uso simultâneo dos olhos) provocadas pelo desequilíbrio do alinhamento dos olhos como, por exemplo, estrabismo (olho desviado), insuficiência de convergência (dificuldade de convergência para fixar um objeto próximo) e ambliopia (baixa acuidade visual de um ou ambos os olhos).

A terapia ocular pode ser realizada de 2 a 3 vezes na semana no consultório e ser complementada com exercícios domiciliares.


Campo Visual Periférico de Goldman


Saiba onde fazer e porque?

Este exame é utilizado para verificar o campo visual, avaliando as funções da retina, nervo óptico e vias ópticas, podendo ser central e periférico.

Indicado no acom­pa­nha­mento do glau­coma, de endocrinopatias, de máculopatias, e de neuropatias envolvendo as vias ópticas. O exame é solicitado pelo DETRAN, para concessão da licença para direção de automóveis quando o candidato apresenta visão em um olho só (monocular) ou caia em alguma exigência no exame visual do DETRAN.

Teste de adaptaÇÃO de lentes de contato


Teste com lentes de prova para selecionar a lente de contato mais adequada para cada paciente. Estes preliminares e treinamento no manuseio são muito importantes para uma boa adaptação de lentes de contato.

Geralmente, o teste de adaptação de lentes consiste de:

Colocação de lentes de teste baseadas na refração inicial prescrita pelo oftalmologista.
Sobre-refração, com as lentes de teste.
Avaliação da adaptação das lentes de teste.

Acuidade Visual


Acuidade visual (AV) é uma característica do olho de reconhecer dois pontos muito próximos.

Vários fatores especificam a esta acuidade, em especial, a distância entre os fotorrecetores na retina e também da precisão da refração.

Ela é determinada pela menor imagem retiniana percebida pelo indivíduo. Sua medida é dada pela relação entre o tamanho do menor objeto (optotipo) visualizado e a distância entre observador e objeto.
A diminuição da acuidade visual causa importante déficit (défice) funcional e considerável morbidade a seus portadores.
Seu reconhecimento é importante, pois na maior parte das vezes tal deficiência pode ser corrigida com terapêutica adequada.

A acuidade visual pode ser medida através de escalas de optótipos.

Ceratometria


É essencial na adaptação de lentes de contato, no pré-operatório de catarata e identifica o eixo e o grau de astigmatismo.

Avaliação realizada para determinar a curvatura da córnea em sua região central, tomando-se como bases dois eixos perpendiculares (ângulo de 90° entre os mesmos).

Ficou com dúvidas?