Fundo de olho


É uma avaliação das estruturas do fundo de olho como retina, vasos, vítreo, coroide e nervo óptico. Pode ser realizada de duas formas, a direta e indiretamente.

A direta é realizada com o auxílio do oftalmoscópio, um aparelho portátil que aumenta a imagem, mas possui campo de visão restrito. Pode ser realizado pelo clinico ou pelo oftalmologista, com ou sem dilatação da pupila.

A outra forma de ser realizada é a indireta, geralmente realizada pelo oftalmologista pois necessita do auxílio da lâmpada de fenda. Também pode ser feita com dilatação ou não da pupila, e permite uma visualização mais ampla do fundo do olho.

É um exame indolor, mas pode ser desconfortável pela sensibilidade á luz. Nos casos em que a dilatação da pupila for necessária a visão pode ficar embaçada por algumas horas, e dificuldade na leitura e um aumento na sensibilidade á luz também ocorrem. É recomendado levar óculos escuros para o uso após a realização do exame, ir para o exame juntamente com um acompanhante e não dirigir.








Ficou com dúvidas?